Crise política do Cantareira

noticias.r7.com
Nível do Cantareira é de 10,6%

Com o término das eleições, a crise do sistema Cantareira tomou um novo rumo.  Após recursar ajuda do governo federal, no último dia 10, o governador reeleito pelo Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, participou de uma reunião com a presidenta Dilma a fim de tratar da crise que assola as regiões abastecidas pelo  Cantareira.

Em reunião no Palácio do Planalto, Alckmin disse precisar de R$ 3,5 mi para a realização de oito obras que servirão para o enfrentamento da crise do abastecimento de água na região a partir de 2015. Contudo, essa verba só poderá ser liberada quando o governador apresentar o projeto de todas as obras, o que não foi feito até o momento.

Continuar lendo “Crise política do Cantareira”

Reforma Política

A reforma política é um dos temas prometidos pela presidente reeleita Dilma. Dentro da reforma vários temas serão debatidos. Acredito que haverá dois temas que proporcionarão um longo debate, são eles: o Financiamento Público e a Votação Majoritária. Contudo, falarei primeiramente do financiamento.

O debate nem começou e já gera controvérsia entre os partidos, jornais e a sociedade. No entanto, alguns partidos já definiram sua posição com relação ao tema. Partidos como o PSDB, PMDB e DEM são contra o financiamento público nos pleitos. Eles alegam que caso o financiamento público seja implantado haverá um aumento no uso do “caixa dois” – arrecadação não declarada a justiça eleitoral.

A revista Veja deu uma declaração por meio do colunista Rodrigo Constantino de que o financiamento público não é a solução para o fim da corrupção. O colunista acredita, assim como as legendas citadas, que as empresas continuarão a fazer doações, no entanto, de forma ilegal. Constantino alega também que o financiamento público já acontece, por via dos fundos partidários e horários gratuitos. Continuar lendo “Reforma Política”